Gerenciamento de projetos: um levantamento de métodos, técnicas e ferramentas para inovação

Gustavo Tomaz Buchele, Pierry Teza, João Artur de Souza, Gertrudes Aparecida Dandolini

Resumen


Diversos estudos têm enfatizado o uso de métodos, técnicas e ferramentas para inovação (MTF-I), os quais representam um fator essencial para o sucesso do processo de inovação. Tais MTF-I representam uma gama de ferramentas, técnicas e metodologias que ajudam as organizações a se adaptarem às circunstâncias e enfrentarem desafios de mercado de uma forma sistemática. O processo de inovação, por sua vez, é geralmente dividido em três partes: front end da inovação, desenvolvimento e implementação. Muitos desses MTF-I são aplicados ao Gerenciamento de Projetos para atender a objetivos de projetos nas diferentes fases do processo de inovação. Nesse sentido, o presente trabalho tem o objetivo de identificar quais MTF-I são utilizados no Gerenciamento de Projetos, a partir de levantamento realizado no PMI (2014), e verificar em que fases do processo de inovação e em quais das dez áreas do conhecimento são utilizados. Nesse sentido, verificou-se que são citados 141 MTF-I, sendo que muitos deles podem ser utilizados nas diferentes fases do processo de inovação e nas diferentes áreas do conhecimento, buscando auxiliar no cumprimento dos requisitos do projeto de forma sistemática. Identificou-se ainda, que os MTF-I levantados podem ser classificados em seis categorias, de acordo com o foco de cada um: integração do cliente; pesquisa e desenvolvimento; foco em qualidade e logística; foco em compras; gerenciamento de projetos; e compartilhamento. Ao final, propõe-se pontos a serem abordados por estudos futuros.


Palabras clave


Inovação; Gerenciamento de Projetos; Métodos; Técnicas e Ferramentas para Inovação; Processos; Áreas do Conhecimento

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.18566/rces.v25n37.a6